Notícias

Atreve-te: O Poder da Ciência

  • Escrito por 

Chegou a Semana da Matemática

Chegou a altura de brincar com a matemática, testar os limites do conhecimento, explorar a mente e mundo à procura de algo que nos faça sonhar.
Chegou a altura de dividir os medos, somar as diferenças e multiplicar o conhecimento ao expoente máximo.

 

Abertura Oficial da Semana da Matemática 2018 do Colégio Machado Ruivo

Desde a música criada para esta semana, à apresentação dos 3 grandes pilares da Matemática, os nossos alunos do 1º ciclo brindaram a restante comunidade escolar com este momento tão singular.
Divirtam-se com a visualização e preparem-se para a Semana de Matemática do CMR.

As formas geométricas foram o mote para divertidas aprendizagens.

O grau de complexidade foi aumentando de turma para turma. Mas o grau de entusiasmo verificou-se a níveis muito elevados do início ao fim do dia.

Assim as cores, o jogo, a imaginação, a ilusão e a magia andaram de mãos dadas durante diversas atividades os alunos do CMR:

  • Círculo das Cores;
  • Bingo das Formas;
  • Dar forma aos Botões;
  • Origami;

Segundo o método de Singapura, os alunos necessitam de compreender os conceitos individualmente e, talvez mais importante, compreender como estes se relacionam.

Para tal, temos de lhes providenciar materiais e experiências, utilizando abordagens mais visuais e práticas, que lhes permitam uma melhor absorção e compreensão destes conceitos.

Assim, no campo da Geometria, a exploração de padrões, do espaço e sua organização, torna-se bem mais divertida utilizando este método explorado, há muitos anos, pelas educadoras e professoras do nosso Colégio.

 A didáctica da matemática inicial pode ser sofisticada e elegante, se a pensarmos como um meio absolutamente fundamental para o ensino inicial.

A abordagem no CMR é fortemente baseada no caminho "Concrete-Pictorial-Abstract" utilizado no "Singapore Math", o bem sucedido método de ensino utilizado em Singapura.

No quotidiano do CMR, os alunos lidam com vários tipos e fontes de informação apresentadas na forma de tabelas, gráficos ou através de linguagem corrente, usando temas estatísticos.

Para que a informação possa ser compreendida, é cada vez mais necessário que os alunos comecem desde cedo a lidar com esses termos e representações, e a desenvolver progressivamente a capacidade não só de interpretar, como de selecionar e criticar a informação que recebem.

É imperativo o contato precoce entre as crianças e as informações de natureza estatística que desde cedo as rodeiam.

Log in

Facebook